On segunda-feira, 28 de dezembro de 2009


Fanáticos religiosos marcaram protesto em frente a casa de shows.
Com figurinos bizarros e sensuais, cantora foi destaque em 2009.
Do G1, em São Paulo

    Lady Gaga 'sangra' em show no VMA em setembro (Foto: Gary Hershorn/Reuters)

    Integrantes de uma igreja ultrarradical nos Estados Unidos, a Westboro Baptist Church, prometem organizar um protesto contra a cantora Lady Gaga no próximo dia 7 de janeiro, em frente ao Fox Theatre, em Saint Louis, onde ela tem uma apresentação marcada. O piquete está sendo divulgado através de um comunicado disponível no site da igreja e intitulado "God hates Lady Gaga" (Deus odeia Lady Gaga).

    "'Arte' e 'moda' são eufemismos, os disfarces sob os quais Lady Gaga ensina [os jovens] a se rebelar contra Deus", diz o texto assinado pela Westboro Baptist Church.

    Fundada em 1955, a igreja sediada em Topeka, no Kansas, não é reconhecida por outras comunidades batistas dos EUA, mas já ficou conhecida no país por seus protestos agressivos contra os direitos dos homossexuais, o exército e os políticos liberais norte-americanos. Idealizada por Fred Phelps, a igreja diz seguir princípios "batistas primitivos" e calvinistas.
    Conhecida pelos hits “Just dance”, “Poker face” e “Bad romance”, Lady Gaga foi um dos destaques da música pop em 2009. Com sua voz estridente e figurinos bizarros, a loira fez apresentações marcantes, incluindo uma performance com sangue falso no Video Music Awards da MTV em setembro. Gaga costuma declarar abertamente que já teve relações sexuais com outras mulheres.

    Camisas Vero

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Antes de postar, conheça as "Regras", por favor.