On quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Jesus te convida, de fato, para The Dark Side!

Está achando heresia, absurdo, blasfêmia? Descubra por que seu Jesus não é tão bom quanto você pensava!


Jesus fala como um lord Sith:

Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. Lucas 11.23;
Estas palavras se encaixam perfeitamente no perfil de um tirano cruel! Incitam ódio e violência! Será por influência delas que os cristãos odeiam tanto ateus e agnósticos? Não acredite em Jesus! Não somos inimigos das pessoas!

Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno? Mateus 23.33;
Palavras permeadas por ameaças, ofensas e castigos. Neste tripé bizarro se ergueu e se sustentou o cristianismo por quase dois milênios! 

Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei. Lucas 12.5
Um Deus tão bondoso pode coexistir com um perfil mesquinho, ameaçador e cruel? Por que Jesus precisa ser temido por meio de ameaças de morte e condenação eterna? 

E, se a tua mão te escandalizar, corta-a; melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga, Marcos 9.43
Por que Jesus, que proferiu as belíssimas palavras do sermão da montanha, que falavam de amor e justiça, insistiu tão radicalmente no discurso da punição e medo? Por que um Deus que nos deseja ver livres e salvos nos impõe a escolha de sua justiça sem sentido, pautada em mutilações (entenda como mutilação tanto física quanto emocional)?

Os Evangelhos possuem belas palavras, mas Jesus nunca existiu. Sendo manipulado por culturas, épocas e pessoas diferentes, o mito sobre Jesus sofreu as mais variadas alterações, criando perfis completamente opostos, capazes de unirem na mesma figura o Salvado e o Condenador.
Entre mitos existe muita coisa melhor que este tal Jesus! Nomes que falam de paz, justiça e felicidade sem ameaças de incinerar pessoas por toda eternidade e de destruí-las... 
Se eu tiver que admirar um mito, prefiro admirar Luke Skywalker, que nunca cedeu ao lado sombrio! Quem sabe, posso admirar também Buzz Lightyear, do Comando Estelar? Ele combate Zurg, o grande imperador do mal! 
Sem sombra de dúvidas, "Um "Ao infinito, e além!" sai muito melhor que um "Amém"!

Camisas Vero

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de postar, conheça as "Regras", por favor.