On domingo, 25 de setembro de 2011

Depois de fazer sucesso no Coisas do demônio, Yonara, a pastora dos infernos, tem seu retorno no Ateu e À-toa
Santa Ignorância, nos revele as origens desta misteriosa mulher que traz à tona os segredos do além!

Um dos trechos do mirabolante testemunho da pastora Yonara sobre suas idas "em espírito" ao inferno mexeu com os brios de alguns leitores do Ateu e À-toa, dada as conotações agressivas, homofóbicas e completamente absurdas da cada palavra proferida como a verdade absoluta da incontestável vontade e juízo do Deus cristão.

Cabe, agora, às pessoas de bom senso ou um tanto curiosas, imaginar o que leva uma pessoa aparentemente sã a proferir tamanhas balelas e sandices, expondo pessoas e impondo a massas iletradas ou de pouco conhecimento o terror das mais suja estratégia religiosa de convencimento: a condenação eterna ao inferno de fogo ardente.

Com mais um trecho do "Testemunho de Poder" da pastora Yonara, façamos o esforço de compreender a lógica estruturante de seu discurso que, analisado de forma crítica e reflexiva, revela por si só a impossibilidade da existência do inferno mesmo num contexto em que se considere a existência de Deus.

Repetindo as palavras de Richard Dawkins, em Deus, um delírio, "(..) a repulsividade extrema do inferno, do modo como ele é pintado (...) é inflacionada para compensar sua implausibilidade. Se o inferno fosse plausível, ele teria de ser moderadamente desagradável para ter poder de dissuasão. Como é tão improvável, precisa ser anunciado como muitíssimo assustador (...)".

Santa Ignorância, nos oriente junto ao testemunho e revelações de Yonara!
Deixa de ser engraçado, já que este lugar baseado em mentiras fez e faz milhares de pessoas deixarem de viver suas vidas em intensidade e real plenitude!

Camisas Vero

1 comentários:

Anônimo disse...

P.Q.P! Sem saco pra escutar esta mula!

Postar um comentário

Antes de postar, conheça as "Regras", por favor.